Fluoxetine

O que é Fluoxetine e para que serve?

fluoxetine

Fluoxetine é um genérico que pode comprar online em Portugal para o tratamento de perturbações depressivas. Trata-se de um fármaco à base de substância médica (sem receita médica), fluoxetina, um inibidor seletivo de recaptação de serotonina (ISRS). Fluoxetine é uma das melhores, senão a melhor alternativa genérica sem receita do medicamento original.

O mecanismo de ação de Fluoxetine não é totalmente conhecido, mas as informações da investigação indicam que Fluoxetine interfere na comunicação entre células nervosas e o sistema nervoso central, restaurando o equilíbrio químico no cérebro.

4.9

Pacote 10mg
Pacote
Preço
Por capsule
Comprar
10mg × 30 capsules
€ 43,19
1.44
10mg × 60 capsules
€ 49,63
0.83
10mg × 90 capsules
€ 57,91
0.64
10mg × 120 capsules
€ 66,19
0.55
10mg × 180 capsules
€ 82,75
0.46
Pacote 20mg
Pacote
Preço
Por capsule
Comprar
20mg × 30 capsules
€ 45,95
1.53
20mg × 60 capsules
€ 53,31
0.89
20mg × 90 capsules
€ 59,75
0.66
20mg × 120 capsules
€ 68,95
0.57
20mg × 180 capsules
€ 87,35
0.49
Pacote 40mg
Pacote
Preço
Por capsule
Comprar
40mg × 30 capsules
€ 50,55
1.68
40mg × 60 capsules
€ 63,43
1.06
40mg × 90 capsules
€ 78,61
0.87
40mg × 120 capsules
€ 93,79
0.78
Pacote 60mg
Pacote
Preço
Por capsule
Comprar
60mg × 30 capsules
€ 53,31
1.78
60mg × 60 capsules
€ 64,35
1.07
60mg × 90 capsules
€ 80,91
0.90
60mg × 120 capsules
€ 96,55
0.80
60mg × 180 capsules
€ 128,75
0.72

Fluoxetine é usado para o tratamento de perturbação depressiva major, bulimia nervosa (perturbação alimentar), perturbação obsessiva-compulsiva, perturbações de pânico e perturbação disfórica pré-menstrual.

Por vezes, é administrado Fluoxetine com outros fármacos, designadamente a olanzapina (Zyprexa) para tratar a depressão nos quadros de perturbação bipolar (maníaco-depressiva). Esta combinação de fármacos é também usada para tratar a depressão após duas tentativas falhadas de tratamento com outros fármacos.

Fluoxetine apresenta-se em forma de cápsulas (e não comprimidos), nas dosagens de 10 mg, 20 mg, 40 mg e 60 mg, e pode comprar embalagens de 30, 60, 90, 120 ou 180 cápsulas.

O preço de Fluoxetine sem receita é mais barato?

Ao comprar Fluoxetine online e sem receita, tem uma poupança inicial, na medida em que não necessita de marcar uma consulta médica, aguardar a data da mesma para obter a receita e só então comprar o medicamento. Uma vez que Fluoxetine é comercializado na net sem receita, evita todos esses transtornos.

O facto de comprar online em Portugal apresenta ainda vantagem ao nível dos preços, na medida em que beneficia de descontos na compra de maiores quantidades. Por exemplo, ao comprar uma embalagem de 30 cápsulas 10mg obtém um preço de cerca de 45€. Se comprar uma embalagem de 180 cápsulas (seis vezes mais), o preço é menos do dobro, cerca de 85€. O preço online é mais vantajoso.

É possível comprar Fluoxetine online em Portugal?

Apesar de a farmácia tradicional ser o local onde se compra habitualmente este e outros fármacos, o facto de poder comprar Fluoxetine pela internet a partir de Portugal, ao invés de ter que se deslocar a farmácias portuguesas, apresenta vários benefícios para si. O preço de Fluoxetine é somente um deles.

Não terá necessidade de se deslocar a uma farmacia física. Poderá comprar Fluoxetine na sua casa em Portugal com discrição e conforto. Ao comprar online e sem receita, irá receber o medicamento na sua residência. O envio para Portugal é realizado num curto espaço de tempo, recebendo-o em poucos dias úteis.

O que devo dizer ao meu médico se tomar Fluoxetine?

Não tome Fluoxetine caso esteja a tomar um inibidor de monoamina oxidase (IMAO) ou se tiver tomado nos últimos 14 dias, pois pode ocorrer interação farmacológica prejudicial. Os IMAO incluem tranilcipromina, isocarboxazida, fenelzina, linezolida, selegilina e rasagilina. Tem que:

  • esperar no mínimo 14 dias depois de tomar um IMAO para poder tomar Fluoxetine;
  • esperar 5 semanas depois de deixar de tomar Fluoxetine para que possa tomar um IMAO ou tioridazina.

Não pode tomar Fluoxetine se for alérgico à fluoxetina, caso esteja a tomar pimozida ou tioridazina ou se estiver a ser tratado com azul de metileno injetável. Caso esteja a tomar olanzapina (Zyprexa) leia a bula do Zyprexa e todos os avisos nela contidos.

Alerte o seu médico caso use outros antidepressivos, especialmente Celexa, Cymbalta, Effexor, Desyrel, Oleptro, Lexapro, Luvox, , Paxil, Symbyax, Pexeva, Zoloft ou Viibryd.

De modo a assegurar-se de que Fluoxetine é seguro para si, informe o médico se padece de:

  • Cirrose hepática;
  • Doença renal;
  • Diabetes;
  • Glaucoma de Ângulo Fechado;
  • Convulsões ou epilepsia;
  • Perturbação bipolar (maníaco-depressiva);
  • Histórico de abuso de substâncias ou ideação suicida;
  • Se estiver a ser tratado com terapia eletroconvulsiva.

Alguns pacientes jovens têm ideação suicida quando são medicados com um antidepressivo. O seu médico necessitará de verificar regularmente o seu progresso enquanto estiver a tomar Fluoxetine. Os familiares e cuidadores devem prestar atenção às suas alterações de humor ou sintomatologia.

Ser medicado com um antidepressivo ISRS durante a gravidez pode resultar em problemas pulmonares graves ou outras complicações ao feto/bebé. Todavia, pode haver uma recidiva da depressão ao interromper o tratamento com Fluoxetine. Diga imediatamente ao seu médico que toma Fluoxetine se ficar grávida. Não deve começar ou deixar de tomar este medicamento durante a gravidez sem orientação médica.

Este medicamento pode transferir para o leite materno e ameaçar um bebé sob aleitamento da mãe. Informe o seu médico se está a amamentar.

Não dê este medicamento a menores de 18 anos sem supervisão médica.

Quais as possíveis interações de Fluoxetine?

Se usar fármacos que o deixam sonolento, pode sentir agravamento. Questione o seu médico antes de tomar fluoxetina em conjunto com medicamentos para dormir, para as dores, relaxantes musculares ou medicamentos para a ansiedade, depressão ou convulsões.

Muitos medicamentos podem interagir com a fluoxetina. Nem todas as interações possíveis estão aqui enumeradas. Informe o seu médico acerca de todos os seus medicamentos e qualquer medicamento que comece ou pare de usar durante o tratamento com fluoxetina, especialmente:

  • Qualquer outro antidepressivo;
  • Hipericão;
  • Tramadol;
  • Triptofano (por vezes chamado l-triptofano);
  • Anticoagulantes, como a varfarina;
  • Medicamentos para alterações do humor, do pensamento ou doenças mentais (amitriptilina, desipramina, lítio, nortriptilina e outros);
  • Medicamentos para enxaquecas (rizatriptano, sumatriptano, zolmitriptano e outros);
  • Medicamentos narcóticos para dor (fentanilo, tramadol).

Esta lista pode não conter todas as substâncias que interagem com fluoxetina, designadamente medicamentos de venda livre, vitaminas e produtos naturais. Providencie uma lista de todos os seus medicamentos e substâncias a qualquer profissional de saúde que o acompanhe.

Quais os efeitos secundários expectáveis de Fluoxetine?

Procure ajuda médica urgente se tiver reações alérgicas à fluoxetina: inchaço do rosto, língua, garganta ou lábios, urticária ou erupção cutânea, dificuldade em respirar.

Informe o médico de nova sintomatologia ou agravamento: alterações de comportamento ou de humor, ataques de pânico, ansiedade, dificuldades em dormir ou caso se sinta impulsivo, irritável, agressivo, hostil, inquieto, agitado, hiperativo (fisica ou mentalmente), mais deprimido e se tiver pensamentos de suicídio ou de se magoar a si próprio.

Contacte de imediato o médico se experienciar:

  • Visão em túnel, visão turva, dor ou inchaço dos olhos, halos em volta de luzes;
  • Níveis elevados de serotonina, com alucinações, agitação, ritmo cardíaco acelerado, febre, reflexos altamente reativos, vómitos, diarreia, náuseas, descoordenação motora, desmaios;
  • Baixos níveis de sódio no corpo, com manifestação de dor de cabeça, fala arrastada, fraqueza, desorientação, descoordenação, desequilíbrio, vómitos;
  • Reação grave do sistema nervoso, designadamente músculos rígidos, suor, febre alta, confusão, batimentos cardíacos rápidos ou irregulares, tremores, sensação de desmaio;
  • Reação cutânea exuberante com dor de garganta, inchaço no rosto ou língua, febre, ardor nos olhos, dor de pele seguida de uma erupção cutânea roxa ou vermelha que se se propaga (em especial no rosto ou na parte superior do corpo), causando descamação e bolhas.

Os efeitos secundários comuns da fluoxetina podem incluir:

  • Problemas de sono (insónias), sonhos estranhos;
  • Dores de cabeça, tonturas, alterações da visão;
  • Tremores, sensação de ansiedade ou nervosismo;
  • Boca seca, suor, afrontamentos;
  • Alterações de peso ou do apetite;
  • Dor, fraqueza, bocejo, sensação de cansaço;
  • Nariz entupido, dores nos seios nasais, dores de garganta, sintomas de gripe;
  • Alterações do estômago, perda de apetite, náuseas, vómitos, diarreia;
  • Diminuição do desejo sexual, impotência ou dificuldade em ter um orgasmo.
  • Esta lista não contém todos os possíveis efeitos secundários.

Como se deve utilizar corretamente Fluoxetine?

Tome o medicamento conforme o prescrito. Siga todas as indicações da guia terapêutica. O médico pode alterar a dosagem para resultados melhores. Não tome este medicamento em quantidades maiores ou menores, ou durante mais tempo do que o indicado.

Não esmagar, mastigar, partir, ou abrir uma cápsula. Esta é de libertação prolongada e deve ser engolida inteira com um copo de água.

Medir o medicamento líquido com uma colher especial de dosagem ou copo de medicação. Se não tiver um doseador, peça ao seu farmacêutico.

A melhoria dos sintomas pode demorar até 4 semanas, pelo que deverá continuar a usar o medicamento conforme o indicado. Caso não sinta melhoria dos sintomas, informe o seu médico. Não deixe de tomar fluoxetina subitamente, pois poderá ter sintomas de abstinência. Pergunte ao seu médico como parar de tomar fluoxetina em segurança.

Caso falhe uma dose, tome a próxima na hora em que deveria fazer a toma seguinte. Não faça uma toma adicional próximo de outra para compensar a dose perdida.

Para tratar perturbação disfórica pré-menstrual, a dose habitual de fluoxetina é uma vez por dia enquanto durante a menstruação, ou 14 dias antes do seu início previsível. Siga as instruções do seu médico.

Questione o seu médico antes de tomar um anti-inflamatório não esteroide (AINE) para dores, artrite, febre ou inchaço. Isto inclui aspirina, ibuprofeno, naproxeno, celecoxib, diclofenac, indometacina, meloxicam e outros. Usar Fluoxetine com AINE pode fazer com que desenvolva hematomas ou sangramentos facilmente.

A utilização deste medicamento com álcool pode exacerbar os efeitos secundários. O medicamento pode interferir com o seu raciocínio e reflexos. Tenha especial cuidado ao conduzir ou realizar outras tarefas que requeiram atenção.

Armazene à temperatura ambiente, longe de humidade e de calor.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *